Fases da Mudança – 4 passos para chegar lá

Hoje em dia, em meio a rotina corrida da vida moderna, muitas vezes esquecemos de parar para analisar os diferentes aspectos de nossas vidas. Verificar o quanto caminhamos, como caminhamos e a qual distancia estamos de nossos sonhos é fundamental.

As vezes estamos tão mergulhados nas tarefas que não paramos para desfrutar daquilo que já temos! Sem dúvida devemos cultivar o hábito de ter contentamento com aquilo que já conquistamos. É bom olhar pra trás e se orgulhar daquilo que já realizamos no passado. Melhor ainda é aproveitar isso com aqueles que amamos.

Suas conquistas podem e devem ser seu porto seguro. Porém precisamos buscar coisas maiores, metas mais ousadas, objetivos mais audaciosos para que possamos nos forçar a melhorar a cada dia. Lembre-se que a felicidade não é o resultado que se alcança, e sim o caminho de evolução e superação que se percorre até chegar lá.

fases da mudança

Mas para que isso seja possível precisamos dar alguns passos na direção da mudança. Vejamos abaixo.

Necessidade de Mudar (Perceber)

Muitas pessoas conseguem perceber que precisam mudar em algum aspecto em suas vidas. A insatisfação, ambição e necessidade fazem com que as pessoas busquem formas diferentes de realizar algo desejado.

Geralmente, as mudanças que valem a pena demandam esforço. A construção de uma família, da casa própria e de um negócio próprio do zero, são exemplos de sonhos que demandam tempo, esforço e dedicação.

Pra isso é preciso se desafiar a cada dia e buscar superação, novos caminhos e alternativas que lhe permitam chegar onde se almeja.
O que pode te impedir: Zona de conforto, se contentar com pouco, achar que simplesmente está bom.

Acreditar que pode Mudar (Fé)

Acreditar em si mesmo. Ter fé que possui as mínimas condições de alcançar aquele objetivo. É confiar na própria capacidade de mudar e de se superar para que possa bater as metas rumo à realização daquilo que se deseja . Você tem que acreditar que é possível. Ninguém pode fazer isso por você.

Além disso, este é um sentimento que aumenta na medida em que se avança no projeto proposto. Conforme se dá os passos sugeridos aqui, sua autoconfiança aumenta, bem como a capacidade de superar dificuldades e a crença passa a se fortalecer cada vez mais.
O que pode te impedir: Falta de autoconfiança, baixa autoestima, timidez.

Tomar a decisão de Mudar (Ação)

Elaborar um plano de ação e pôr em prática mesmo que não esteja perfeito ou 100% concluído. Pessoas que realizam partem para a ação antes mesmo de ter as melhores condições para fazer o que pretendem. Feito é melhor que perfeito. Só tem poder quem age.

Errar não é um problema. Errar é inevitável. O melhor que podemos fazer é corrigir, se assegurar que o erro não será repetido e seguir com o plano. Não devemos encarar os erros não como fracassos dignos de punição como a sistema educacional nos ensina, mas sim como oportunidade de aprendizado.
O que pode te impedir: Preguiça, Falta de planejamento, medo de errar.

Agir até Mudar (Continuar)

Persistência é uma das chaves que abrem as portas das novas possibilidades. É importante resistir aos primeiros tropeços que ocorrerem (e eles vão ocorrer), levantar e seguir em frente. Não se abalar com facilidade e nem se importar com o que as outras pessoas vão dizer quando souberem de seus planos (quanto menos pessoas souberem melhor).

Confiar no plano, no método e na técnica aplicada nas tarefas diárias. Ter consciência de que as coisas levam tempo para começarem a dar certo e de que vai dar errado antes de dar certo. Paciência é fundamental nesse estágio em que não se consegue enxergar ainda o resultado que se espera alcançar. Continuidade é algo necessário para atingir qualquer objetivo.
O que pode te impedir: Falta de resiliência, paciência e autoconfiança.

Conclusão

Mudar dá trabalho, não é fácil e nem rápido. Mas é simples. É uma questão de tomar a decisão e se colocar em ação. Depois só vai depender de sua inteligência emocional para continuar no caminho até o final.

Obstáculos surgem. Cada um tem que enfrentar seu gigante para dar cada passo na caminhada. Existem aqueles que, por superestimar a mudança desistem de tentar. Tem outros que não confiam em si mesmos. Contudo, uma vez que enfrentam seus medos e dúvidas, percebem o quanto sua visão era equivocada e quanto tempo perderam com essa percepção errada.

Bônus

Para aqueles que:
* não confiam em si mesmos;
* tem medo de serem julgados;
* tem medo de se relacionar com outras pessoas;
* ou tem medo de falar em público;
Acessem https://acadadiamelhor.com/como-vencer-a-timidez/ e confira as dicas para se livrarem disso de uma vez por todas!